Tomates secos da Thaís

Os tomates secos, outra história bem bacaninha!

Os melhores são aqueles do tipo "pelati". Eles são compridinhos e mais adocicados, para a finalidade são excelentes. É só deixá-los de molho na cuba da pia com uma boa dose de vinagre com a finalidade de retirar a areia e terra que fica localizada em algum canto do chapeuzinho do tomate .

Depois uma boa àgua fria, um bom banho, para retirar alguma coisinha mais presa a pele deles. Depois corte o miolo que fica na parte de fora deles, o final do chapeuzinho, o umbigo do tomate, bem em cima deles com uma faca fina e bem penetrante.

Corte ao meio e retire - meio grosseiramente, as sementes (eu tento replantá-las!). Coloque-os como barquinhas (de barriga aberta para cima) num tabuleiro. Forre o tabuleiro com essas barquinhas (eles vão ficar um ao lado do outro).

Coloque uma medida de chá (colher) de sal e açúcar em cada um deles (acúcar mascavo) na proporção de cinco de acúcar para uma de sal (sal grosso). Um pouco de azeite por cima deles vai bem .



Aqueça o forno, bem baixinho, e esqueça da vida (com um copinho de vinho e alguma boa conversa). Você vai sentir o perfume deles e com o tempo eles vão perder água, a cor vai ficando caramelizada. É
só virá-los e deixar mais um bom tempo (cuidando para não queimar) é só bronzear uniformemente.

Retire os tomates e deixe o tabuleiro de molho e aproveite esse molho para fazer o caldo do feijão (para cozinhar o feijão). Deixe esfriar bem e coloque num vidro (bem lavado e seco) complete o vidro com uma boa margem de azeite, e folhas de manjericão, e orégano (frescos são indizíveis de bom!). Tomilho vale também, só se for fresco. Melhor que sejam mas não é impositivo.

Vale ainda, para deixar a coisa séria, costurar um chapeuzinho de tecido para enfeitar o vidro. Pinte uns tomates no tecido branco e passe um viés na borda... uma idéia de cada vez né não !!! Luxo só e bons presentes se afinam e enfileiram .

Rosa tenho que correr, a vida é discordada nessa hora... uma viagem está aí se aproximando e bem na minha cara (cada hora e minuto, mais e mais) e a mala minha sequer foi preparada...

Depois nos falamos,
Thaís - Blumenau

PS. Pode ser feito no forno à lenha ou no forno à gás.


Querida Thaís,

você como sempre enchendo minha caixa postal com esta tua prosa deliciosa!

Beijo grande de coração Rosa

Postagens mais visitadas