Páginas

,

14.3.11

Molho Pesto



Nada como um molho pesto com ervas frescas para alegrar o nosso dia a dia. Aqui segue a receita básica, com a opção para fazer no pilão (tradicional) ou no liquidificador...




NO PILÃO
- 30 g de folhas de manjericão fresco (opções: rúcula, agrião, salsinha ou coentro)
- 2 dentes de alho
- 20 g de pinoli (opções: castanha de caju, nozes ou amendoim)
- 1/2 xícara (chá) de azeite
- queijo parmesão ralado a gosto
- sal a gosto
Num pilão, coloque folhas de manjericão fresco (ou rúcula ou agrião ou salsinha ou coentro), alho, pinoli ou castanha de caju
(ou nozes ou amendoim) e 1/2 xícara de azeite (reserve a outra metade). Macere bem com o auxílio de um socador. Adicione a outra
metade do azeite e queijo parmesão ralado a gosto e misture até incorporar todos os ingredientes. Acerte o sal. Este molho fica
com uma consistência granulada.
Observação: esta quantidade de molho serve para 250 g de massa cozida.


NO LIQUIDIFICADOR
- 60 g de folhas de manjericão fresco (opções: rúcula, agrião, salsinha ou coentro)
- 2 a 4 dentes de alho
- 40 g de pinoli (Opções: castanha de caju, nozes ou amendoim)
- 1/2 xícara (chá) de azeite
- queijo parmesão ralado a gosto
- sal a gosto
- 2 pedras de gelo

Num liquidificador, coloque folhas de manjericão fresco (ou rúcula ou agrião ou salsinha ou coentro), alho, pinoli (ou castanha de caju ou nozes ou amendoim), azeite, queijo parmesão ralado a gosto, sal a gosto e pedras de gelo. O gelo serve para manter a cor das folhas. Bata bem.
Observação: esta quantidade de molho serve para 500 g de massa cozida, também pode acompanhar peixes grelhados, carnes. 

Curiosidade sobre o pesto 
Clássico molho de manjericão originário de Gênova, o nome tem sua origem no verbo pestare que
significa esmagar, amassar. 


Variações
A Susie do blog da minha cozinha sugere algumas variações para o nosso molho pesto:

"Para fazer um pesto, coloque a mistura no processador ou liquidificador. Todas as misturas tem a base de um azeite e alho assado. O pesto clássico leva manjericão, parmesão ralado e pignoles (substitua com umas castanhas de caju). Gosto também fazer pesto somente de sálvia e azeite. É excelente num prato de pão rústico e frios como presunto de parma e queijos. Também faço hortelã e orégano com parmesão e muito azeite por cima de macarrão. Um favorito na minha casa, até com as crianças, é o macarrão orzo ou riso, qualquer que parece arroz, com pesto de agrião, coentro, alho assado, azeite, sal e pimenta e quantidades copiosas de parmesão.
Para criar um prato mais sofisticado substitua o parmesão para um queijo de cabra fresco quebrado em pedacinhos com as mãos. Se não tiver processador ou liquidificador, ou que dar um toque mais rústico (autentico) no pesto, rasgue as ervas com as mãos! O prato faca linda e você vai andando o resto do dia perfumado! E qualquer pesto (ou erva fresca) vai bem na pizza!"




- - -

Compartilhar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...